Cuidados com o coração no inverno

O inverno só começa oficialmente no dia 21 de junho, mas o frio já chegou em diversas regiões do nosso país. Com a chegada da estação e as quedas nos termômetros, os cuidados com a nossa saúde precisam ser redobrados. Além das doenças comuns da época, como resfriados e gripes, as doenças do coração também têm grande ocorrência neste período, por isso, o cuidado é essencial.

Com o frio, o funcionamento do organismo faz com que o sistema cardiovascular fique sobrecarregado e precise trabalhar mais para manter o equilíbrio térmico. Isso acontece pois os vasos sanguíneos tendem a se contrair e, com menos espaço para o sangue circular nas veias e artérias, ocorre um aumento da pressão arterial. Quando isso acontece, pode haver uma aceleração dos batimentos cardíacos e também fortes dores no peito. Para ajudar você a preparar sua saúde para a chegada do frio, confira alguns cuidados especiais.

Corpo Aquecido

Manter o corpo aquecido possibilita um melhor cenário de trabalho para o organismo. Agasalhe-se bem, mantenha as extremidades, como pés e mãos, bem aquecidas e não esqueça o cachecol: o pescoço aquecido aumenta a circulação local e o calor dá uma percepção de conforto. Caso for praticar exercícios físicos ao ar livre, antes de sair de casa faça um bom aquecimento de todos os músculos que serão trabalhados, e se sentir calor durante a prática de seus exercícios, evite tirar os agasalhos em baixas temperaturas. Outra dica essencial é respirar sempre pelo nariz. O nariz tenta aquecer o ar gelado que chega ao corpo pela dilatação dos vasos sanguíneos, fazendo com que o ar não chegue tão gelado na garganta.

 

Previna-se

As doenças virais comuns da estação, como gripes e resfriados, também constituem um perigo para o coração, ocasionando inflamações e fazendo com que o organismo precise se defender contra elas. Se as inflamações estiverem presentes no coração, podem romper as placas de gordura nas artérias, que serão afetadas pela gordura, dando pouco espaço para a circulação do sangue. Quando isso ocorre, existe grande possibilidade de infarto, tendo em vista a falta de sangue no coração. Aumente sua imunidade e passe longe destas doenças neste inverno. Tome bastante água, durma bem e consuma vitaminas como C (presente em frutas como laranjas e frutas cítricas), vitamina E (encontrada em grãos) e vitamina A (em cenouras e abóboras, por exemplo).

 

Alimentação

Geralmente, as pessoas optam por alimentos mais pesados no inverno, ricos em gordura, e diminuem a frequência ou até param de praticar atividades físicas. Essa combinação pode ocasionar descontrole dos fatores de risco para doenças cardíacas, por isso, é muito importante manter uma dieta balanceada, com porções de frutas, legumes e verduras, além das proteínas advindas das carnes, de preferência, as magras.

 

Alerta aos mais velhos

O coração idoso é o que mais requer atenção durante o inverno. Pessoas mais velhas que fazem tratamento contra doenças cardiovasculares precisam cuidar de seus hábitos. É essencial manter a alimentação saudável e praticar atividades físicas. Mais uma recomendação importante é evitar a exposição ao frio, procurando sair de casa e fazer exercícios somente nas horas mais quentes do dia, como final da manhã e início da tarde.

Mantenha seu coração aquecido nesse inverno. E mesmo com todos os cuidados, não se esqueça de fazer pelo menos um check-up anual do coração. Sua saúde agradece.